• Gilmara Barollo

Marmita fit: como montar uma refeição saudável e balanceada


Levar marmita para o trabalho é uma atitude cada vez mais comum entre as pessoas que querem economizar e também comer de forma saudável.

A segurança de saber a procedência da comida é outra razão que faz com que as pessoas adotem este hábito, mas alguns cuidados básicos no transporte e armazenamento devem ser tomados para garantir que a refeição fique longe da contaminação.


Dicas para montar sua marmita

  1. Se o trajeto até o trabalho for longo, o ideal é acondicionar o recipiente em uma bolsa térmica. Assim é possível manter a temperatura dos alimentos e evitar que sofram alterações no sabor, na cor e na textura ou até mesmo que estraguem. Saquinhos de gelo podem ajudar.

  2. Antes de montar a marmita, o ideal é que os alimentos sejam colocados em um prato para que se tenha noção da quantidade real de cada item.

  3. Metade do prato deve ser preenchida com verduras e legumes e a outra parte deve ser dividida igualmente entre carboidratos e proteína de origem vegetal (feijão, grão de bico, ervilha, lentilha) e a outra metade com proteína de origem animal (carnes) ou para vegetarianos, mais uma porção de proteína vegetal. Uma fruta como sobremesa também é bem-vinda.

  4. Os alimentos quentes devem ficar separados dos frios, por isso, prefira os recipientes que contêm divisórias ou leve a salada à parte.

  5. As saladas devem ser temperadas na hora do consumo, por isso leve o molho a parte.

  6. Ao montar a marmita preste atenção ao combinar os alimentos.

  7. Um prato saudável deve conter carboidrato, proteína e vegetais (legumes e verduras).

Recipientes mais adequados

  • Plástico

São os mais práticos, mas para não correr riscos, coloque a comida em um prato antes de esquentá-la no micro-ondas.

  • Vidro

É a melhor opção, e pode ir ao micro-ondas.

  • Alumínio

Podem alterar o sabor da comida e também não podem ir direto ao micro-ondas. Esquente em banho-maria ou coloque em um prato e leve ao micro-ondas.


Congelamento das marmitas


O congelamento é um processo de preservação do alimento pelo frio (-18°), conservando o máximo de seu valor nutritivo, textura e sabor.


Uma das fases mais importantes desse processo é a passagem de 0° a - 4°, pois esse processo deve acontecer o mais rápido possível, no máximo em 2 horas para evitar danos ao alimento.


Em casa, a técnica para resfriamento rápido consiste em mergulhar a panela sem tampa em uma bacia, ou na própria pia com água e gelo para interromper o cozimento e iniciar o processo de conservação dos alimentos.


Ao congelar um alimento ocorre grande paralisação no desenvolvimento de microorganismos que vivem no alimento e a inibição das substâncias responsáveis pelo amadurecimento do alimento, as enzimas.


Uma dica boa é cozinhar os alimentos por menos tempo do que o habitual, pois eles costumam amaciar durante o processo de congelamento. Use também um pouco menos de sal e temperos, já que estes também costumam ser realçados após o congelamento.


Fique atenta ao tempo de conservação:

  • 5 dias na geladeira, temperatura inferior a 5°

  • até um mês no freezer, não acima de - 18°


O método Desafio Viva Saudável é um e-book desenvolvido com o intuito de auxiliar pessoas a viverem melhor com seu corpo tendo melhoria na qualidade de vida.

Nosso produto é de fácil entendimento, eficaz, acessível e contém tudo que você precisa:

- Como iniciar uma vida saudável;

- Dicas de uma boa alimentação;

- Dicas de atividades físicas para fazer em casa;

- Mais de 40 receitas de chás que auxiliam no seu emagrecimento;

- Mais de 40 receitas de sucos para melhorar sua saúde.


Comprando o Desafio Viva Saudável você ainda ganha 3 bônus exclusivos!



43 visualizações0 comentário

Conteúdos Indispensáveis

Para pessoas que querem e precisam de uma vida saudável

Ebook Grátis

CAPA DUPLA 3D.png

Desafio Viva Saudável

viva%25252520saud%252525C3%252525A1vel_edited_edited_edited_edited.jpg

Combo Carolina Furlan

mat_edited_edited_edited_edited.jpg

A ViverBem É EstarBem é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar. Informações que não substituem o aconselhamento e acompanhamento de PROFISSIONAIS DE SAÚDE.