• Gilmara Barollo

O que são macronutrientes e micronutrientes

Atualizado: 31 de Ago de 2021


Todos os alimentos possuem elementos com funções específicas, sendo fundamentais para o funcionamento regular do organismo, assim como para manter a saúde em dia. Esses elementos são chamados de nutrientes. Mas na hora de montar um cardápio mais nutritivo, nem sempre as pessoas acertam, e existe até mesmo quem erre feio apostando em dietas restritivas que, no lugar de beneficiar, acabam fazendo mal ao nosso organismo.



Os nutrientes são divididos em:


Macronutrientes

São nutrientes que ajudam a fornecer energia. Carboidratos, lipídios e proteínas são classificados como macronutrientes, e são responsáveis por fornecer 90% do peso seco da dieta e 100% de sua energia.


Agora vou explicar cada um deles:


  • Carboidratos

Os carboidratos servem como combustível para o nosso metabolismo, fornecendo muita energia, e também na formação de estruturas como as membranas das nossas células. Abundantes na batata, no pão, nas massas e no arroz, ou seja nos alimentos amarelos e brancos. Os carboidratos também estão presentes nos açúcares, como a lactose (no leite) e a frutose (nas frutas).


  • Lipídios

Também conhecido como gorduras são fonte importante de energia, e são indispensáveis para nós. As vitaminas A, D, E e K, por exemplo, são lipossolúveis, o que significa que elas só podem ser absorvidas quando temos gorduras para dissolvê-las.

Existem 3 tipos de gorduras:

Saturadas - as menos benéficas, presentes nas carnes, na manteiga e nos derivados do leite;

Monoinsaturadas - presentes no azeite de oliva, no açaí e no abacate, portanto são boas para saúde quando consumidas com moderação;

Poli-insaturadas - encontrada nos peixes e castanhas, que diminuem os níveis de colesterol ruim, ajudam a manter as membranas celulares e ainda trazem ácidos importantes, como o ômega 3 e 6.


  • Proteínas

As proteínas servem para formar anticorpos, enzimas, hormônios e até estruturas como os nossos ossos e o sangue. Estão presentes principalmente nas carnes, no leite e na clara de ovo, mas também existem fontes vegetais de proteínas, como a aveia, o milho, o trigo integral e leguminosas como feijão, grão-de-bico, lentilhas e ervilhas, por exemplo.


Os carboidratos juntamente com lipídios e proteínas, formam um tripé responsável por sustentar a sua saúde e cortar qualquer um deles da sua dieta, significa colocar o seu organismo em risco.


Micronutrientes

Os micronutrientes são os minerais e as vitaminas. O nosso organismo precisa dos micronutrientes em quantidade menor se comparado aos macronutrientes. Sua principal função é facilitar as reações químicas que ocorrem no corpo. Para entender melhor o que são vitaminas e minerais, basta clicar:

O que são vitaminas

O que são minerais essenciais


Quando você ingere fontes variadas de macronutrientes, provavelmente também vai estar colocando na sua alimentação micronutrientes, mesmo porque alguns micronutrientes nem podem ser absorvidos sem a ajuda dos lipídios, proteínas e carboidratos.


Como balancear sua alimentação

De 40 a 60% das calorias ingeridas deve ser formada por carboidratos, priorizando cereais e vegetais;

De 10 a 15% das calorias, devem vir as proteínas, priorizando as de origem vegetal sobre as de origem animal;

Entre 25 e 35% das calorias, vêm os lipídios, em porções menores e com menos frequência que as proteínas.



Comer de forma saudável também é uma solução para a perda de peso, sem a necessidade de passar fome ou tomar medicações. O DESAFIO VIVA SAUDÁVEL traz sugestões de uma alimentação saudável em todos os períodos do dia.


16 visualizações0 comentário

Conteúdos Indispensáveis

Para pessoas que querem e precisam de uma vida saudável

Ebook Grátis

CAPA DUPLA 3D.png

Desafio Viva Saudável

viva%25252520saud%252525C3%252525A1vel_edited_edited_edited_edited.jpg

Combo Carolina Furlan

mat_edited_edited_edited_edited.jpg

A ViverBem É EstarBem é um espaço informativo, de divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar. Informações que não substituem o aconselhamento e acompanhamento de PROFISSIONAIS DE SAÚDE.